Não, esse não é um post comum

Não, esse não é um post engraçado, com piadas ou  com trollagem. Não, esse não é um post viral, . Não, esse não é um post #mimimi. Se bem que muita gente vai considerar que eu estarei pedindo e chorando e você até poderá concordar com eles depois de ler o texto sem prestar muita atenção.
Não posso falar por tantos outros blogs que estão em situação semelhante então vamos estabelecer o parâmetro que tudo o que estiver descrito nas próximas linhas são referentes a este blog e a opinião desta pessoa.


Como todo blogueiro (não que eu me considere um, afinal, ainda dependo de uma renda fora da blogosfera, mas aqui uso blogueiro como alguém que tenha um blog) o que eu mais quero é ver meu blog crescer, ter relevância e ganhar o carisma dos visitantes. Como todo blogueiro (ou pelo menos como todo blogueiro deveria ser) não comecei o blog para ganhar rios de dinheiro, nem um córrego de moedas; mas sim para me divertir e transmitir para outras pessoas aquilo que eu achasse engraçado, curioso e que de alguma forma prendesse minha atenção. E assim foi, quer dizer, tem sido. 

O Koala Obeso nunca foi um grande criador de conteúdo, até porque falta tempo para poder criar conteúdo exlcusivo todos os dias, prefiro acreditar que prestamos um serviço de filtragem para os internautas que são bombardeados por tanta coisa que não conseguem, depois de um certo tempo, distinguir o que é bom e engraçado do que é terrivelmente tosco e sem graça. Não que não buscamos criar coisas novas, mas acredite ainda que pareça fácil criar uma simples tirinha de rage faces, fazer uma que seja engraçada é coisa de profissionais

Mas o que isso interessa, você pode se perguntar. Pode ser nada, ou tudo. 
Pode ser nada porque da mesma forma que o Koala Obeso 'trabalha' (trabalha em aspas porque não ganho um puto com isso) muitos outros também estão pegando o o que há na internet e dão uma nova roupagem, traduzem, adaptam e muitas vezes reciclam o conteúdo. 
Pode ser tudo se você pensar que o Koala Obeso sempre primou pelo conteúdo livre, ainda que vez ou outra um post mais sensual ou mais polêmico aparecesse, minha irmã de onze anos pode acessar o blog sem maiores problemas. 
Pode ser tudo porque em momento nenhum usei de artifícios como muitos usam de inflar o número de visitas enviadas para parecer 'blog grande' e na verdade usar um iframe para enganar os contadores; nunca usei da artimanha de criar um perfil falso no Facebook com o nome de 'Felícia Delícia' (nome completamente fictício, ok?) e postar fotos de uma modelo russa mega-hiper gostosa pedindo pra me adicionarem como amiga ou assinarem meu perfil e depois transformar esse perfil falso em uma fanpage para um blog e assim iniciar um blog com uma fanpange de pelo menos 300 mil seguidores (ou curtidores, sei lá). 

Enfim, você que não se importa com essas questões técnicas precisa compreender que nesse meio, existem pessoas boas e pessoas ruins e nem sempre o blog bom é feito por pessoas boas, por vezes, o blog nem é bom, ele só está tirando proveito da ingenuidade do internauta e assim ganhando adeptos com fraudes. 

O que você precisa compreender é que apoiando esse tipo de blog (seguindo o twitter, curtindo a página, dando retweet ou like nos posts e até mesmo compartilhando imagens no facebook ou outra rede social) está levando ao estrelato um criminoso, não criminoso, mas um falsário, que depois de algum tempo estará faturando alto porque ninguém disse nada.

O Koala Obeso tem praticamente um ano (início em 12/07/2011) e de lá pra cá tem tentado de formas idôneas buscar seu espaço na blogosfera, buscando parcerias, enviando posts para agregadores, pedindo para ser linkado por outros blogs (independente da relevância) e ainda sim, somente depois de onze meses, ultrapassamos a marca de 1.000 seguidores na fanpage, mas ainda não passamos dos 700 seguidores no twitter e nem chegamos a 100 leitores de feed. É muito pouco para alguns, coisa de amador; mas são 1000 seguidores reais, que sabiam exatamente porque estavam clicando no 'curtir', são 700 seguidores, mas são seguidores que realmente tinham interesse em seguir quando apertaram o 'follow'. 

Contudo, não importa o quanto eu reclame, você vai terminar de ler esse texto e vai fechar o navegador, ou vai clicar em um outro post, sei lá. Mas vamos a uma lógica simples: Você chegou aqui por algum motivo (ou alguém te indicou, ou você viu no facebook/twitter, ou viu um post em outro blog, etc) e se de alguma forma achou esse post informativo, ou outro post deste blog engraçado, no momento que você fecha o navegador, você guarda pra sim uma coisa que outras pessoas deveriam saber ou rir, se entreter de alguma forma. E olha que não é preciso nada de muito difícil. 
Um simples RT ou um simples Like ajudam a divulgar o blog. Curtir a fanpage te deixará atualizado de todos os posts que saírem. E tudo isso com alguns cliques. E olha que tem blogs em que a gente é praticamente obrigado a clicar em curtir senão não abre a porcaria da página, mas isso seria um meio invasivo demais, pelo menos é o que eu acho.

Mais uma coisa e prometo que vai ser a última e sobre comentários. Porquê é tão difícil um blog pequeno ou iniciante receber comentários? Um blog pequeno tem em média 300 visualizações por post, fora as visualizações da página principal, que podem variar de 1000 a 3000/dia. Se você não comenta porque acha que ninguém vai ler, acredite, muita gente lê, além do mais, o comentário é um espaço de contato do visitante com o blog. De repente uma crítica, sugestão e o que mais gosto de ler, elogios. Mesmo que ninguém lesse seu comentário, o cara que fez o post vai ler e é muito provável que vai responder. Se sua idéia for boa, vai virar outro post, se sua crítica for válida, buscará melhorar na próxima vez.

Isso é porque eu nem vou entrar no mérito da propaganda no blog. Acredite, até hoje, não recebi um centavo pelo blog, mas gastar eu já gastei mais do que poderia. Uma compra pelo Submarino ajuda, mas não é o suficiente para largar o emprego, até porque desde o princípio, a idéia é que o blog chegue ao nível de se auto sustentar e que entrar de recursos além disso seja revertido para você mesmo, com sorteios e promoções pra você que visita o blog, que clica nos anúncios e compra no submarino pelos links do blog. Mas até agora, já sorteei prêmios que tive que pagar do próprio bolso.

Acho que deu pra entender o motivo de todo esse blá-blá-blá, se você realmente achar que esse blog merece ser difundido, não para o blog ser o mais foda de todos, mas para que mais pessoas conheçam o humor que o blog se propõe a fazer, curta a fanpage, siga koalaobeso e o renatolaurenti no twitter e comente nas postagens. Se não acha isso, obrigado pela atenção até agora e se divirta em outro blog, mas que seja um blog feito por pessoas de caráter.

Obrigado. 

Comente com o Facebook: