15 coisas que você não sabia sobre O Grande Dragão Branco



Depois de 25 anos do lançamento de 'Bloodsport' ou como conhecemos 'O Grande Dragão Branco', o verdadeiro Frank Dux fez revelações sobre a verdadeira história que o Jean-Claude Van Damme encenou tãããããããoooo bem.

01. A história de como o jovem Frank Dux conheceu seu Shidoshi não é verdade!
"Invadir a casa dele quebrando uma janela, não, isso não aconteceu. Não foi assim que nos conhecemos. Isso foi o Sheldon (Lettich, roteirista), que tomou essa liberdade. Eu achei desrespeitoso"

02. Frank Dux nasceu com deficiências físicas que o ajudaram a se tornar um lutador melhor.
"Me aconstumei a sentir muita dor e passar dificuldades desde muito jovem. Meus pés eram 180 graus na direção errada, para consertá-los eu usava um suspensórios que moviam lentamente para a frente."

03. Van Damme era apaixonado por cachorros.
"Ele costumava sempre levar seu cão de Buffy - Eu acho que era o nome - para o set e para o ginásio Era preto, talvez um labrador, ou mistura de labrador, eu não tenho certeza. Ele realmente amava aquele cão..."

04. Van Damme provavelmente nunca mataria ninguém com um 'roundhouse kick'.
"Tudo o que eu vou dizer é, Jean-Claude é um lutador bem e um grande intérprete. Ele realmente queria o papel e estava tão ansioso que quase deslocou o ombro tentando fazer algo que ele não sabia como fazer. Treinei-o três vezes por semana e lhe ensinei lutar para o filme. Aprendemos juntos como fazê-lo com bom aspecto na tela. "

05. De acordo com Dux, qualquer um pode ser um ninja.
"Ninja é como 'zelador', é apenas um cargo. O equívoco é, na verdade você não tem que fazer nada de especial ou saber fazer nada de especial para ser um ninja "

06. Bolo Yeung, o assustador Chong Li, é na verdade um doce de pessoa.
"É o cara mais doce que eu já conheci. Ele era famoso por ser o Mister Ásia, um fisiculturista grande, mas não poderia ter sido melhor. Ele levou seu filho para o set todos os dias e gastou todo o seu tempo livre com ele. "

07. Além de servir como coreógrafo das lutas, Dux também foi o estilista de Van Damme.
"Os figurinos estavam todos errados em primeiro lugar. Não havia espaço no orçamento para nada, então eu acabei pagando do próprio bolso para as roupas que Van Damme usava nas lutas. Eu fui o cara que começou a coisa toda de calções. Depois de ser criticado pelos chineses por usar um uniforme japonês ou ser criticado pelos coreanos por usar um uniforme chinês - Eu só pensei, é homem contra homem, não estilo versus estilo, você sabe o que quero dizer? Então, finalmente, eu decidi fazer o meu próprio uniforme, que era essencialmente calções de ciclismo um pouco modificados"

08. Não houve um único dublê no filme.
"Eles não estavam pagando para qualquer dublês, então, quando nós escolhemos os caras, não era necessário que eles fossem artistas marciais, mas era necessários ser capaz de tomar um soco. Muitos dos caras tinham antecedentes profissionais de dança."

09. Isso aconteceu de verdade.
"Aprendi esse truque com moedas assistindo Bruce Lee. Mas o truque dele era ainda mais mágico do que o meu"

10. Essa coisa realmente existe.
"Ah, sim, Van Damme e eu fizemos isso. É chamado de esquartejamento: ser amarrado a uma árvore e depois esticado. Você pode chegar a um estado de nirvana ausente da dor. É um ritual primitivo. Isso separa os bandidos dos verdadeiros artistas marciais"

11. Essa posição parecendo um 'i' maiúsculo realmente pode ser a chave do sucesso na luta.

"Aquela cena na final onde Van Damme não pode ver e tem que lutar cegamente - e que realmente aconteceu comigo. Quando você está em uma situação desesperadora assim, a sua formação entra em cena, e você verá que o nirvana que centraliza você e você recebe de volta na luta"

12. O Grande Dragão Branco é ciência documentada.

"O Dim Mak, ou 'toque da morte' trabalha com seu interior, e não apenas com a força bruta. É a geração de energia interna para um único ponto - como uma bola, quando ele bateu forte e rápido, ela para quanto bate em outra e assim sucessivamente. É mais que a transferência de energia cinética, mas o aproveitamento de energia elétrica do corpo e concentrando-o. "

13. O soco nas bolas de Pumolla não foi um soco nas bolas.
"Na verdade foi um soco na bexiga e não no saco. Mas todo mundo acha que foi lá por caus do ângulo.  Mas mesmo que fosse no saco, no Kumite, vale tudo. Às vezes a gente usava copos de aço, afinal, é melhor não dar chance"

14. O Frank Dux real é mais louco que o do filme
"Van Damme e eu nos desentendemos de verdade no set e eu disse-lhe para me encontrar no telhado do Hotel Victoria, e eu vou mostrar-lhe que é um campeão. Nós nos encontramos lá,e disse que iríamos lutar ali mesmo, em seguida, fiz um chute rodado completo e ele olhou para baixo. Você poderia ver o medo nos olhoes dele e ele me disse, 'Frank, você está louco'. Depois disso, fomos jantar e ele nunca levantou a voz para mim novamente."

15. Nós já assistimos O Grande Dragão Branco mais vezes do que o próprio Frank Dux.
"Para mim, é apenas uma memória . Eu não o assisto. Eu tenho orgulho disso e que tenha inspirado tanta gente. Eu acho que é um clássico que as pessoas ainda vão estar assistindo a 25 anos a partir de agora. É o filme que fez Jean-Claude uma estrela e vai mantê-lo uma estrela. ""
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
BÔNUS

- OI GENTE, EU SOU O FORREST WITHAKER!

Comente com o Facebook: